31/03/2007

Cegueira Espiritual

Milhões de pessoas são "cegas", isto é, são psicológica e espiritualmente cegas por não saberem que se transformam no que pensam o dia todo. O homem é espiritual e mentalmente "cego" quando tem ódio, ressentimento ou inveja dos outros. Não sabe que, na verdade. está guardando venenos mentais que tendem a destruí-la. Milhares de pessoas vivem a dizer que não há maneira de resolver os problemas delas e que sua situação é desesperadora. Semelhante atitude é conseqüência da cegueira espiritual. O homem começa a ver espiritual e mentalmente quando adquire nova compreensão de suas forças mentais e desenvolve a certeza consciente de que a sabedoria e a inteligência no seu subconsciente podem resolver todos os seus problemas.
Todos deviam ter a certeza do relacionamento e da interação da mente consciente com a subconsciente.

A Visão é Espiritual, Eterna e Indestrutível

Não criamos a visão, antes a manifestamos ou a liberamos. Vemos através dos olhos, não com os 0lhos. A c6rnea do olho é estimulada pelas ondas luminosas que vêm dos objetos no espaço; através do nervo ótico, esses estímulos são levados para o cérebro. Quando a luz interior, ou inteligência, encontra-se assim com a luz exterior, nós vemos por um processo de interpretação.
Os olhos do homem simbolizam o amor Divino e um prazer nos desígnios de Deus, além de representarem fome e sede pela verdade de Deus. O olho direito simboliza o pensamento certo e a ação certa. O olho esquerdo representa o amor e a sabedoria de Deus. Pense certo e irradie boa vontade para todos, que você verá tudo perfeitamente focalizado.

BELIEVE!

=]

1 comentários:

laccio moratto disse...

As questões levantadas pelos aspectos de "o segredo" estão ocasionando um movimento de massas, eu diria de "massas encefálicas" já que nos acostumamos a pensar pouco sobre o que nos rodeia ou sobre os efeitos das nossas ações. O discorrido sobre o assunto é e sempre foi de completo domínio das escolas de mistérios e de pessoas por nós consideradas iniciadas nas artes da magia. Nada há de novo ou que mereça todo este alvoroço a não ser a oportunidade de se faturar com o fato já instalado pela nossa ignorância sobre as coisas mais elementares. Como digo, elementares, pois se quiser-mos chegar realmente no que existe de prático, sobre qualquer dúvida, teremos de nos aprofundar neste assunto e desvendar o verdadeiro poder latente em cada vetor e estabelecer-mos uma forma de entendimento para os leigos. Nada disso é mistério para os verdadeiros magos e praticantes de magia, como já frisei acima. Acredito que este assunto vai longe e deverá render muito ainda, estamos somente nos preambulos do que vem por aí. Estamos ainda tratando o assunto na esfera do "politicamente correto", a luz da ciência e seus interlocutores, mas creiam, vamos avançar mais um pouco ainda entrando nas esferas espirituais e retornando as questões quânticas. Assim dá para vislumbrar-mos o quanto do caminho temos ainda a percorrer até a completa adequação de linguagem e entendimento aplicadas a nossa realidade. Então teremos realmente o grande "assunto do momento", as pedras que resistirem verão.Será?......